Mais duas pessoas são presas por morte de mulher durante suposto ritual em cemitério no RS, diz polícia

  • 12/02/2024
(Foto: Reprodução)
Marido e filho da mulher morta também estavam no cemitério no momento da morte. Duas pessoas foram presas em flagrante no dia do caso. Segundo informações preliminares, mulher teria sido amarrada em uma cruz e espancada. Homem foi preso no domingo em suposto centro religioso onde mulher morta teria passado por ritual Fernando Ramos/Formigueiro REAL Mais duas pessoas foram presas preventivamente no domingo (11) por suspeita de participação na morte de uma mulher em um cemitério de Formigueiro, na Região Central do Rio Grande do Sul. A polícia não divulga as identidades dos envolvidos. As circunstâncias da morte ainda são apuradas pela Polícia Civil, mas a principal linha de investigação aponta para um suposto ritual que teria sido realizado pelas pessoas presas. Os dois homens presos seriam líderes religiosos que teriam participado do início do ritual. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Em nota, a defesa de três dos presos afirma que tem "confiança na inocência diante das circunstâncias apresentadas". Leia a nota completa abaixo. A reportagem ainda busca a defesa da outra pessoa presa. Um homem e uma mulher já haviam sido presos em flagrante na sexta-feira (9), quando a vítima morreu. De acordo com o delegado regional de Santa Maria, Sandro Meinerz, o casal teria conduzido o suposto ritual. Eles devem responder por homicídio qualificado por tortura. Segundo a polícia, o marido e filho da mulher morta também estavam no cemitério no momento da morte, mas ficaram do lado de fora. Eles foram ouvidos pela polícia e liberados em seguida. Segundo a polícia, a mulher teria sido amarrada em uma cruz e espancada, mas a polícia pretende aprofundar a investigação a respeito dessas circunstâncias. A investigação agora tenta apurar se outras pessoas passaram pelo mesmo suposto ritual. "Continuamos a investigação, porque é tudo muito recente. Vamos apurar se esse procedimeto era constante, se já havia sido feito com outras pessoas", diz o delegado. O caso Cemitério de Formigueiro, onde mulher foi morta durante suposto ritual religioso Fernando Ramos/Formigueiro REAL De acordo com o delegado, o ritual começou em uma casa que era usada para esse tipo de prática. Os espancamentos teriam começado no local. Em seguida, a mulher foi levada ao cemitério, mas voltou à casa e, por fim, retornou ao cemitério. Na segunda passagem pelo cemitério, quando a mulher morreu, o filho e o marido dela teriam sido orientados a ficar do lado de fora, esperando pelo fim do ritual. Ao estranharem o tempo decorrido, teriam entrado no local e encontrado a mulher morta, amarrada em uma cruz. Nota de defesa "É com profunda seriedade e comprometimento com a justiça que vimos a público comunicar nossa posição em relação ao recente caso envolvendo nossos clientes. Após diligente análise e escuta atenta dos relatos dos envolvidos, decidimos, de maneira consciente, assumir a defesa de apenas três dos quatro indiciados, Jubal dos Santos Brum, Nayana Rodrigues Brum e Larry Chaves Brum. Nossa escolha recai sobre aqueles em quem depositamos nossa confiança na inocência diante das circunstâncias apresentadas. Cumpre ressaltar que, dada a fase inicial das investigações, reconhecemos a possibilidade da existência de outros envolvidos a serem indiciados no curso do processo. Reiteramos, de forma inabalável, o compromisso de nossos clientes em colaborar plenamente com as autoridades judiciárias. Estamos unidas em prol da transparência e imparcialidade do processo legal, na busca incansável pela verdade e pela justiça. Atenciosamente, Dra. Márcia Pereira da Silva, dra. Liégy Pereira da Silva Meneghetti e dra. Ediani da Silva Ritter" VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/02/12/mais-duas-pessoas-sao-presas-por-morte-de-mulher-durante-suposto-ritual-em-cemiterio-no-rs-diz-policia.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. DO FUNDO DA GROTA

FERNANDO E SOROCABA - PART. BAITACA

top2
2. DE FINA ESTAMPA

MOISÉS OLIVEIRA E GRUPO VOZES DO CAMPO.

top3
3. OBRIGADO PORCA VEIA

GRUPO CORDIONA

top4
4. NOITE DE INVERNO COM MEU PAI.

OS SERRANOS

top5
5. TAIO FEIO

JORGE GUEDES E FAMILIA

Anunciantes