Ex-policial é absolvido de matar jovem na saída de uma festa em Porto Alegre

  • 06/08/2022
(Foto: Reprodução)
Crime aconteceu em 2010. Wagner Boeira Cardoso, de 26 anos, foi baleado pelo então policial Thiago de Lima. Defesa do réu alegou que disparo foi acidental por falha da pistola. Wagner Boeira Cardoso, vítima de disparo em Porto Alegre Reprodução/RBS TV Já era madrugada de sábado (6) quando o julgamento do ex-policial militar Thiago de Lima Garcia Vieira terminou em Porto Alegre. Após 12 anos, ele foi absolvido de matar o universitário Wagner Boeira Cardoso na saída de uma festa, em junho de 2010. A sessão realizada no 1° Juizado da 2ª Vara do Júri da Capital e presidida pelo juiz Tadeu Trancoso de Souza terminou com o conselho de sentença acolhendo os argumentos da defesa. "Senhores jurados entenderam por absolver o réu, ao analisar o mérito da causa, negando o quesito autoria. Diante do exposto, declaro absolvido", escreveu o magistrado. Segundo o advogado Fernando Cardozo, somente este ano foi concluída uma perícia na arma, na qual ficou constatado que havia falhas na trava de percussor da pistola — que impede disparos em casos de queda, por exemplo — de Thiago. "Ficou muito aliviado ontem. Foram anos difíceis para todos nós. Tínhamos convicção da inocência dele", afirma o defensor. Thiago foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio qualificado. À época do crime, o ex-policial, que trabalhava como segurança do evento, chegou a ficar preso por oito meses, mas foi solto e respondeu ao processo em liberdade. Ele deixou a função e, atualmente, é motorista de ambulância. Começa júri de ex-policial acusado de matar jovem em saída de casa noturna em Porto Alegre Relembre o caso Conforme a denúncia, Cardoso foi baleado após se desentender com frequentadores de uma casa noturna e fugir. Thiago, apontado como autor do disparo, e outros dois segurança teriam espancado a vítima. Os outros seguranças da festa foram indiciados, uma vez que teriam participado do espancamento de Wagner. No entanto, eles respondem por lesão corporal e não vão a júri. Imagens de câmeras de segurança e o depoimento de testemunhas embasaram o indiciamento do réu. Casa noturna onde ocorreu o crime em Porto Alegre Reprodução/RBS TV VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2022/08/06/ex-policial-e-absolvido-de-matar-jovem-na-saida-de-uma-festa-em-porto-alegre.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. DO FUNDO DA GROTA

FERNANDO E SOROCABA - PART. BAITACA

top2
2. DE FINA ESTAMPA

MOISÉS OLIVEIRA E GRUPO VOZES DO CAMPO.

top3
3. OBRIGADO PORCA VEIA

GRUPO CORDIONA

top4
4. NOITE DE INVERNO COM MEU PAI.

OS SERRANOS

top5
5. TAIO FEIO

JORGE GUEDES E FAMILIA

Anunciantes